Batalhão Ambiental da BM recolhe 70 quilos de pesca em tempo de piracema

Os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, mas, vão responder em liberdade por pesca predatória Policiais do 2º Batalhão Ambiental da Brigada Militar recolheram nesta quarta-feira (13) quase 70 quilos de pesca nas proximidades do ponto onde se encontram as águas dos rios Jacuí e Vacacaí, em Pertile, interior de Cachoeira […]

jan 14, 2021

Os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, mas, vão responder em liberdade por pesca predatória

Policiais do 2º Batalhão Ambiental da Brigada Militar recolheram nesta quarta-feira (13) quase 70 quilos de pesca nas proximidades do ponto onde se encontram as águas dos rios Jacuí e Vacacaí, em Pertile, interior de Cachoeira do Sul. Os PMs vasculharam três acampamentos, cinco embarcações, dois carros, reboques e coletaram informações sobre 12 pessoas que pescavam no local onde constatou as irregularidades.

A pesca em grandes quantidades está proibida durante o período de piracema, que se estende até fevereiro. Nas proximidades do desague do Rio Vacacaí, foi identificado um acampamento. No local, foram apreendidas duas redes de pesca, totalizando 100 metros, 141 bóias-loucas, varas com molinete e carretilha, uma tarrafa e cinco juquiás, além de duas espingardas, frascos de pólvora e dezenas de munições.

Os pescadores, de 28 e 30 anos, foram detidos sob a suspeita de porte ilegal de arma e crime contra a fauna. Também foram recolhidos 65 quilos de carpas (13 exemplares abatidos a tiros), além de dois quilos de filés de piava e grumatã. Um barco com motor foi recolhido na ação do 2º Batalhão Ambiental da Brigada Militar.

Os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, mas, vão responder em liberdade por pesca predatória. Eles não possuem antecedentes. Os 67 quilos de pescado foram doados para o zoológico de Cachoeira do Sul.