Sicredi conclui doação de R$436 mil aos hospitais da região Centro Serra

O diretor executivo da Sicredi Centro Serra, Dilamar Rusch, relembra que a doação aos hospitais está alinhada com práticas anteriores da empresa O Sicredi concluiu recentemente a segunda etapa da doação de equipamentos e materiais para os hospitais da região Centro Serra. Os recursos financeiros atingiram o valor final de 436 mil reais e foram […]

jan 15, 2021

O diretor executivo da Sicredi Centro Serra, Dilamar Rusch, relembra que a doação aos hospitais está alinhada com práticas anteriores da empresa

O Sicredi concluiu recentemente a segunda etapa da doação de equipamentos e materiais para os hospitais da região Centro Serra. Os recursos financeiros atingiram o valor final de 436 mil reais e foram oriundos do Fundo Social aprovado pelos associados da cooperativa no ano passado.

A primeira etapa de doações ocorreu em maio de 2020, no valor de 262 mil reais. Foram adquiridos bomba de infusão, monitor de sinais vitais, aspirador cirúrgico, carro de emergência, oxímetro, concentrador de oxigênio, multinebulizador e aparelho de pressão. Com a oferta de recursos específicos para o combate ao coronavírus destinados pelo governo federal, os administradores dos hospitais solicitaram ao Sicredi que a segunda parte do Fundo Social fosse destinada à compra de equipamentos e materiais específicos para a necessidade de cada município. Com isso, o Sicredi entregou em dezembro mais 174 mil reais, em equipamentos como monitor cardíaco, desfibrilador, secadora de roupas, ar-condicionado e uniformes cirúrgicos aos hospitais de Agudo, Paraíso do Sul, Candelária, Vale do Sol, Sobradinho, Arroio do Tigre e Lagoão.

O diretor executivo da Sicredi Centro Serra, Dilamar Rusch, relembra que a doação aos hospitais está alinhada com práticas anteriores da empresa. Conforme ele, “esse sempre foi o jeito do Sicredi trabalhar, de reinvestir na comunidade parte dos resultados gerados na própria região”. O Sicredi destina 2% do seu resultado financeiro anual para o Fundo Social. A divisão dos recursos por município leva em consideração alguns critérios, como número de associados e resultado operacional de cada agência. “Quanto mais pessoas escolherem o Sicredi para realizar operações e serviços financeiros, mais as instituições são beneficiadas com recursos para seus projetos”,… explica o gerente de comunicação da cooperativa, Fausto Lutero Wagner. Para 2021, o prazo para cadastro de projetos para o Fundo Social deverá iniciar em abril, após a realização das assembleias – que esse ano serão todas digitais.